fbpx

A Capela da Senhora da Penha de França, está situada em Ponte de Lima, sede da Remax Move :: Limiana… e sim, é verdade, o nome é bastante longo para se pronunciar, mas esta capela tem uma história muito curiosa por detrás da sua construção, digna de ser partilhada! É o que vamos fazer no artigo de hoje, onde poderá então descobrir com mais detalhe a finalidade desta capela, edificada no início do século XVII.

A história da Capela da Senhora da Penha de França

Dedicada à Nossa Senhora da Penha de França, um dos nomes que recebe Maria, mãe de Jesus, que acreditam os católicos, apareceu a Simão Vela no oeste da Espanha, numa serra chamada Penha de França, esta capela foi mandada edificar em 1613 por João Lourenço, em frente à Torre da Cadeia.

Isto porquê? Para que os presos pudessem assistir à missa, uma vez que a nova prisão de Ponte de Lima não tinha oratório. A janela da cadeia tinha vista desimpedida para o altar, sendo que os reclusos poderiam acompanhar então este ato religioso na íntegra, com “vista privilegiada” para o padre.

 

Capela Senhora da Penha

 

De dimensões reduzidas, a capela de Nossa Senhora da Penha de França apresenta uma estrutura sóbria, com programa decorativo exterior depurado, de linhas maneiristas. A fachada principal divide-se em dois registos: o primeiro com portal de moldura retangular ladeado por janelas e antecedido por escadaria, o segundo com cornija interrompida por janela retangular, rasgada no seguimento do portal. A fachada é rematada por frontão triangular, coroado por pináculos, com sineira do lado direito e cruz assente sobre acrotério.

Interiormente a capela possui nave única, com altar do lado da Epístola, de arco de madeira pintado. No conjunto destaca-se o retábulo-mor de talha dourada de estilo nacional, executado em meados do século XVIII, cuja sumptuosidade contrasta com a sobriedade estrutural e decorativa do templo. O espaço é coberto por teto de madeira de masseira em caixotões.

Esta pequena capela esteve fechada ao público durante longos anos, reabrindo em meados do século XX com culto dedicado a Nossa Senhora de Fátima. Um local com imensa história, que pode (e deve) visitar quando estiver no Minho, mais propriamente em Ponte de Lima!