fbpx

O Parque Nacional da Peneda-Gerês, situado entre o Alto Minho e Trás-os-Montes, bem perto da sede da Remax Move :: Terras de Sonho, é a única área nacional protegida classificada como Parque Nacional. É um mundo à parte, em que a atividade humana se integra de forma harmoniosa na Natureza, preservando valores e tradições bastante antigas!

Em todos os tons de verde, a vegetação exuberante inclui uma floresta de azevinho, única a nível nacional, e espécies endémicas como o lírio do Gerês, que alegra os campos com os seus tons de azul-violeta. Nas Serras da Peneda, Soajo, Amarela e Gerês, que integram o Parque, correm rios e ribeiras que se precipitam em cascatas e desaguam depois em albufeiras. As paisagens são deslumbrantes!

Para todos aqueles que nunca visitaram o paraíso (como é apelidado) do Gerês, aqui ficam algumas dicas sobre as cascatas mais visitadas deste local:

1) Cascata do Tahiti
É para muitos a mais bonita de todas, e a que melhores imagens proporciona, mas também a de mais difícil acesso. Para lá chegar terá que descer uma encosta de inclinação acentuada, sendo necessário o recurso a uma corda que lá se encontra colocada. Mas toda a aventura vale bem a pena, e no final deparamos com o mais bonito dos cenários. Em dias de calor, a lagoa proporciona uns belos mergulhos, existe espaço suficiente para estender uma toalha e esquecer que em algum momento teremos que regressar. O mais certo é não mais se esquecer deste lugar e querer voltar.

2) Cascata do Rio Homem
Não vale só pelo lugar em si, pela beleza da cascata e da lagoa, mas também pelo cenário que acompanha toda a viagem para lá chegar, pela Mata da Albergaria, um dos elixires do Parque Nacional. Aqui não é permitido estacionar o carro, por isso é obrigatório percorrer mais um quilómetro para estacionar na Portela do Homem. Vai ver que, na ida, estará ansioso por chegar, ver mais de perto ou nadar nas águas puras e límpidas da lagoa… e na volta, virá a tentar descobrir o que o mudou e o que o fez sentir também nesta curta estadia na Cascata do Rio Homem!

3) Cascata do Arado
Com belos lugares a convidar para um picnic, e com bons acessos para viaturas, a cascata do Arado é talvez por isso a que das três é mais visitada. Para a contemplemos na sua plenitude, não evitamos no entanto uns minutos de subida por um pequeno trilho que nos conduz a um miradouro que se localiza em frente à cascata. O poder de encantamento deste lugar faz-se logo sentir extasiados, e invade-nos de imediato o desejo de nos aproximarmos mais, e, se estiver aquele típico calor de Verão, mergulhar na frescura das suas águas.

Estas são então as 3 cascatas mais visitadas do Gerês, mas existem muitos mais locais para visitar e explorar neste autêntico santuário da Natureza, situado no Norte do país. Venha ver por si mesmo!